terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Recuperando cabelo de boneca

Bonecas são minhas paixões, porém infelizmente com o tempo as madeixas não ficam tão lindas como quando novas na caixa. E quando a boneca vai ficando velhinha, aquele cabelo de plástico vai ficando um emaranhado só, perdendo a beleza, o brilho, a maciez. Se as suas bonecas ou as das suas filhas estão precisando de um “rehab” nos cabelos, aqui vai uma dica super bacana de uma restauração para cabelos de boneca, principalmente para as bonecas tipo Barbie. Fica praticamente como uma progressiva na boneca! Atenção: este não é um procedimento que possa ser feito por crianças, pois lida-se com água muito quente e amaciante, por isso o recomendável é fazer só um adulto, longe de crianças. Confira abaixo a receita e divirta-se!
Você vai precisar de:
– Um pedaço de papel filme;
– Água;
– Detergente;
– Amaciante de roupas;
– Escovinha de cabelo da Barbie ou pente fino
Como fazer:
  1. Tire as roupas, acessórios, enfim, tudo que tiver na Barbie.
  2. Enrole um pedaço de papel filme em todo o rosto da Barbie, pois isso garante que se a maquiagem da boneca tiver glitter, não vai sair.
  3. Lave o cabelo da boneca com detergente, de preferência neutro, mas com outros detergentes também dá certo. E retire o sabão do cabelo da Barbie.
  4. Deixe o cabelo da boneca de molho no amaciante diluído em água por uns 5 minutos, ou mais.
  5. Retire o amaciante do cabelo da boneca e penteie bem retinho, pois vai ser assim que vai ficar.
  6. Deixe a boneca sentada, ou de algum modo que você não precise segurar (sem ser deitada) e jogue água quente, quase fervendo. Logo em seguida jogue água gelada.
  7. Deixe secar ao ar livre, mas para acelerar o processo, deixe no sol.
  8. Pronto! Cabelos de boneca lisinho, brilhante e sem volume!

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

A verdade sobre os sucos de caixinha

Na ultima semana, estive no #EncontroTetraPak para conhecer mais sobre os sucos de caixinhas, e como mãe sabemos o quanto é polêmico esse assunto Suco Natural x Suco de Caixinhas.

Nem sempre conseguimos fazer que nossos filhos (nem nós mesmas) comer a quantidade de frutas, a Organização Mundial da Saúde informa que é adequado o consumo mínimo de 400 gramas por dia de frutas, legumes e verduras, o equivale a cinco porções diárias (que se for parar para pensar até que não é difícil né), já a Pirâmide Alimentar para a População Brasileira, desenvolvida em parceria com o Ministério da Saúde, diz que o ideal seja o consumo diário sendo três porções de frutas e três porcões de verduras e legumes para um adulto saudável (essa proporção acaba ficando até mais fácil, é só nos adequarmos e planejarmos para incluir nas nossas refeições).

Segundo a Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas mostrou que apenas um quarto da população brasileira (24,1%) consome a quantidade de frutas e hortaliças recomendada pela OMS.


Vamos algumas informações passada para nós blogueiras presentes nesse bate-papo:



Mito ou Verdade?
Sucos industrializados possuem maiores teores de açúcar do que suco in natura?
MITO ... Do mesmo modo que o suco de fruta in natura sem açúcar, o suco de fruta 100% (não adoçado) e o suco de fruta 100% integral não são adicionados de açúcares em sua formulação, sendo que todos os sacarídeos presentes são aqueles encontrados na própria fruta!

Falando em açúcar, olhem que legal essa informação

"A questão da quantidade ideal de consumo de açúcar, na verdade depende da criança, sua constituição, estatura mais alta, mais baixa, mais forte, menos forte."

Por exemplo, temos a referência/recomendação da OMS, que é 10% das calorias mínimas diárias poderem vir do açúcar. Então, um adulto, que tem uma recomendação de consumo de 2 mil calorias por dia, 200 poderiam vir do açúcar.

Quais as recomendações nutricionais das crianças:
  • Para crianças de 1 a 3 anos
    • 1300 kcal 100%
    • 10%= 130 Kcal= 32,5 g açúcar ( 6,5 colheres de chá de açúcar)
  • Para crianças de 4 a 6 anos
    • 1800 kcal 100%
    • 10%= 180 Kcal= 45 g açúcar (9 colheres de chá de açúcar) 
  • Para crianças de 7 a 10 anos
    • 2000 kcal 100%
    • 10%= 200 Kcal = 50 g açúcar (10 colheres de chá de açúcar)


Conhecendo a Tecnologia.

As frutas são manuseadas por muitas pessoas do trajeto entre o pomar e a mesa do consumidor, e em cada passo envolve um risco. Por questões financeiras e de segurança, a maioria dos países aplica padrões, leis e controles de precaução sobre tudo que é relacionado à produção comercial de sucos em grande escala,
A qualidade do suco precisa ser conservada, e a tecnologia torna possível processar, concentrar, aquecer, resfriar e também preservar a qualidade do suco da fruta.
Benefícios da embalagem Tetra Pak
As características naturais das frutas, assim como ela é tratada depois da colheita afetam a qualidade do produto final: o suco, assim como a temperatura de armazenamento, luz e oxigênio são os principais fatores que podem afetar a qualidade do suco.
Como em todo produto fresco, no suco, existem micro-organismos que podem destruir o produto, se eles crescerem sem ser controlados, as bactérias patogênicas podem tornar o produto prejudicial a saúde, um risco maior quando se trata de um suco espremido não pasteurizados, por
isso a pasteurização reduz esse risco, além disso, é importante a inspeção de qualidade para verificar as propriedades e o estado microbiológico do suco, por isso amostras e análises são realizadas para garantir a alta qualidade do suco.
Para isso ocorrer existe o tratamento térmico e envase asséptico, que trata-se de uma tecnologia que submete o produto ao aquecimento por um tempo curto, inativando os micro-organismos indesejáveis.
Essa tecnologia asséptica é utilizada nas embalagens longa vida, que são formadas por 6 camadas de materiais, criando uma barreira protetora que impede a entrada da luz, água, ar e micro-organismos. A embalagem possui uma barreira de oxigênio e aroma que determina o prazo de validade do produto, pois deve evitar que o oxigênio penetre na embalagem e que o aroma e sabor do produto escape, quanto mais longo for o prazo de validade, mais importante é a embalagem.
O suco mantido em refrigeradores normalmente não é envasado assepticamente.

O mercado brasileiro de bebidas a base de fruta industrializada vem crescendo muito rápido, e dentre essas opções , estão em destaque os SUCOS 100%, néctares e refrescos. e a diferença entre eles está como são processados e os ingredientes contidos em cada tipo, e para conhecermos melhores vou colocar aqui para vocês:

  • SUCO CASEIRO IN NATURA:

É a bebida obtida por meio da extração caseira do sumo de frutas ou vegetais maduros, elaborado com 100% da fruta.
Obs.: Caso seja diluído, recebe a denominação de refresco caseiro.


  • SUCO 100% E 100% INTEGRAL:
É  bebida não concentrada e não diluída, obtida a partir da fruta madura, que contém apenas ingredientes naturais presentes na fruta ou vegetais.
O suco não pode ter substâncias adicionadas à fruta, como aromas e corantes artificiais.
SUCO 100% INTEGRAL é aquele sem adição de açúcares e na sua concentração natural
Obs.: O açúcar pode ser adicionado apenas no denominado SUCO 100% e na quantidade estipulada pela lei para cada tipo de suco, recebendo o produto a denominação de "suco adoçado".

  • NÉCTAR:
É a bebida obtida a partir da mistura do suco ou parte comestível do vegetal, com água e frequentemente com açúcar, podendo ser gaseificada. O néctar pode conter adoçantes, corantes, conservantes e aditivos. Esse tipo de produto possui menor quantidade de suco natural do que o SUCO 100%.
Obs.: Segundo a IN 42/2013, produtos produzidos a partir de 31/01/2015, devem conter um mínimo de 40% em volume de suco de fruta, já para 2016 esse valor aumentará para 50%.

  • REFRESCO:
É a bebida feita a partir de frutas e vegetais, obtida pela diluição em água potável do suco suco de fruta, polpa ou extrato vegetal de sua origem, podendo ou não ter açúcares. Esse tipo de bebida costuma ter uma maior quantidade de aditivos. A quantidade de suco natural que deve estar presente pode variar de 5-30% em volume.
Obs.: Dentro dessa categoria existe o "Preparado sólido para refresco", também conhecido como suco em pó, este produto à base de suco ou extrato vegetal e açúcares, destinado à elaboração de bebida para o consumo, após a sua diluição em água potável, e pode não conter a matéria-prima de origem vegetal.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

10 alimentos que seu filho DEVE comer para evitar problemas físicos e psicológicos

Vamos falar sobre alimentação?

Hábitos alimentares são formados na infância e a qualidade dos itens ingeridos está diretamente relacionada à saúde na vida adulta. Por isso, quanto antes adaptar o paladar dos pequenos para alimentos saudáveis, melhor. De acordo com Patrick Rocha, médico especialista em nutrição e presidente do Instituto Nacional de Estudos da Obesidade e Doenças Crônicas (INEODOC), nove ingredientes podem servir de exemplo para um cardápio equilibrado.
Alimentação saudável para crianças
Segundo especialista, 33,5% das crianças de 5 a 9 anos no Brasil já são obesas. O fator afeta diretamente a saúde dos pequenos, gerando, além da obesidade, problemas de circulação sanguínea, diabetes tipo 2 e colesterol. Mas os impactos não são apenas físico.
Com a imagem diferente do padrão, as crianças podem se sofrer com baixa autoestima, sensação negativa da imagem corporal e depressão, explica Patrick.

Alimentação ideal para crianças

O ideal é escolher sempre opções saudáveis, substituindo lanches industrializados e processados ricos em corantes, conservantes e açúcares por itens naturais e orgânicos. E a mudança, de acordo com o médico, não é difícil de ser oferecida às crianças, que possuem metabolismo acelerado e tendem a adaptar rapidamente o paladar. Alguns alimentos específicos podem ajudar nesse processo.

Ovo


Ovo é uma dos itens essenciais para os pequenos
Excelente fonte de proteína, o ovo também fornece vitaminas e minerais. Na hora de servir, o especialista recomenda o tipo caipira, que é mais nutritivo e saboroso. Cozido pode se tornar opção para as refeições principais ou recheio para lanches intermediários.

Coco

Rico em gorduras saudáveis, o alimento auxilia até no combate de doenças inflamatórias. E várias partes da fruta podem ser consumidas.

Água de coco

Opção para oferecer nos lanches da tarde em substituição aos refrigerantes e sucos de caixinha.

Polpa

Ótima para bater em forma de suco, faz picolés ou misturar com iogurtes.

Coco ralado

Desde que sem açúcar, serve para recheio de bolos e até acompanhamento com outras frutas.

Óleo de coco

Útil para temperar saladas e preparar molhos, o ingrediente é benéfico, mas deve ser usado com moderação.

Abacate

Rico em ômega 3, tipo de gordura que combate o colesterol, o abacate ainda é uma rica fonte de energia. Além das opções batidas – com água ou leite – ele também pode virar um acompanhamento saudável para os lanchinhos acompanhado torradas.

Peixe

Com proteínas e gorduras saudáveis, o alimento estimula o desenvolvimento cerebral, melhorando as taxas de crescimento e desenvolvimento. Patrick recomenda as opções naturais – que vêm do mar ou do rio, e não de criadores.

Iogurte natural

Rico em proteínas e nutrientes essenciais para o desenvolvimento infantil, o iogurte regula o intestino e, por isso, combate o sobrepeso e a obesidade infantil. Pode ser feito em casa e servido no café da manhã ou nos lanches, junto com cereais e frutas. Ao adoçar, utilize adoçantes naturais.

Hortaliças e verduras

Essencialmente fonte de fibras, elas são essenciais para o funcionamento do sistema digestivo e excretor.

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

A importância do brincar.

A brincadeira em grupo favorece princípios como cooperação, liderança e competição.
O momento da brincadeira é uma oportunidade de desenvolvimento para a criança. Através do brincar ela aprende, experimenta o mundo, possibilidades, relações sociais, elabora sua autonomia de ação, organiza emoções. Ás vezes os pais não tem conhecimento do valor da brincadeira para o seu filho. A idéia muitas vezes divulgada é a de que o brincar seja somente um entretenimento, como se não tivesse outras utilidades mais importantes.


Através do jogo, a criança compreende o mundo à sua volta, aprende regras, testa habilidades físicas, como correr, pular, aprende a ganhar e perder. O brincar desenvolve também a aprendizagem da linguagem e a habilidade motora. A brincadeira em grupo favorece alguns princípios como o compartilhar, a cooperação, a liderança, a competição, a obediência às regras. O jogo é uma forma da criança se expressar, já que é uma circunstância favorável para manifestar seus sentimentos e desprazeres. Assim, o brinquedo passa a ser a linguagem da criança.

Muitas vezes os pais não permitem que o filho passe por todas as etapas do seu desenvolvimento, e eles fazem isso quando tolhem as brincadeiras, exigem organização, por acharem que estão contribuindo para a maturidade da criança, quanto à aquisição de alguns comportamentos, como por exemplo, o de limpeza. A imposição de tarefas exaustivas, as incompatibilidades de horários da família são outros fatores que podem impedir as brincadeiras livres.

É de suma importância que a família tenha consciência das marcas que a sua postura de não disponibilizar flexibilidade para as brincadeiras pode deixar na criança. Além disto, vale lembrar também que é um direito garantido pela Constituição.

Ski Montain Park - Adoramos

Localizado na Estância Turística de São Roque, a apenas 54 km da cidade de São Paulo, o Ski Mountain Park tem fácil acesso pelas Rodovias C...